Power Skills: as verdadeiras competências do futuro

Tempo de Leitura: 2 minutos
power skills

Deixemo-nos de rodeios: é preciso olhar para as competências pessoais e profissionais como alavancas para a evolução de qualquer especialista e organização. 

O valor das soft skills num contexto de grande transformação e competitividade faz destas competências verdadeiras power skills, tanto para os especialistas como para as organizações que apostam no seu desenvolvimento. 

Mas afinal o que são power skills?

Embora o termo soft skills pareça remeter para competências mais simples, a realidade é que capacidades como empatia, liderança, comunicação e adaptação à mudança são skills complexas e desafiantes para desenvolver.

Remetendo para capacidades do foro social e emocional, as soft skills referem-se a competências pessoais fulcrais para o quotidiano de qualquer especialista.

Mesmo sendo inatas para muitos profissionais, podem e devem ser desenvolvidas ao longo da carreira como um fator diferenciador para o sucesso e excelência de resultados.

Por isso, falar de soft skills é realmente falar de power skills, enquanto competências chave e diferenciadoras, como:

A mudança de paradigma

De forma crescente, tem-se verificado uma transformação no paradigma das competências mais procuradas pelas organizações. Se os especialistas de duas organizações concorrentes são igualmente excelentes técnicos, o que distingue a capacidade das organizações?

É neste panorama de mudança acelerada e tendências em constante reinvenção que as soft skills ganham destaque.

Um estudo da IBM revela precisamente que as competências ao nível pessoal e profissional (como adaptação à mudança, gestão eficaz do tempo, agilidade ou comunicação) são valorizadas acima dos conhecimentos técnicos.

Também a Mckinsey comprova esta tendência num estudo recente, que evidencia a aposta crescente no desenvolvimento de skills cognitivas avançadas, sociais e emocionais por parte das organizações.

Conclusões do estudo McKinsey sobre as competências destacadas pelas organizações, comparando os anos 2019 e 2020

A importância de investir em Power Skills

Mais do que competências “nice to have”, as soft skills assumem cada vez mais destaque para qualquer organização. Entre as vantagens desse investimento, sabemos que:

  • promovem a produtividade dos especialistas
  • potenciam a retenção de talento
  • distinguem os melhores líderes
  • resolvem desentendimentos, problemas de comunicação e ineficiências
  • agilizam a performance das equipas
  • aprofundam a inovação e criatividade dos profissionais
  • desenvolvem resultados de sucesso

Além das hard skills, são realmente estas power skills que marcam a diferença. Num mercado tão competitivo e com desafios constantes, serão as organizações que procuram “fazer diferente” que alcançam o sucesso.

As respostas estão no desenvolvimento pessoal e profissional das equipas, aproveitando skills poderosas e singulares que questionam modelos obsoletos, promovem a inovação, motiva os profissionais e levam resultados mais longe.

Aposte na formação Olisipo para os seus especialistas e integre oferta em power skills no seu plano formativo para o sucesso. É tempo de valorizar as competências comportamentais das suas equipas, distinguindo a organização e conquistando os melhores resultados.

Partilha-me!

Subscreve a newsletter semanal com os melhores conteúdos

Read on...

Está na hora de dares um salto na tua carreira?

iT's 28 years accelerating careers and still new in town!

Key reading jobs